quinta-feira, abril 30, 2009

VENDAS: O que seria aceitável?

Nilmar sairia pra jogar num time sem Titulo e cor de rosa?

E os rumores sobre vendas já começaram.

Li no Blog do Fernandão (escrito por ele mesmo) que a midia soltou a noticia falsa que ele havia ganho uma Espada depois de conquistar o ultimo titulo do clube dele mas que na verdade, escreve F9, aquilo só foi para foto e o dono da espada pegou ela logo apos a foto ser tirada. Minha pergunta é como que a Midia consegue passar uma noticia dessas? Parece que viram a foto e tentaram adivinhar o que a foto significava e usaram esse chute como se fosse notícia real. Isso mostra o quanto a mídia é confiavel.

Agora temos a notícia que o Palermo está atras do Nilmar novamente. A notícia veio da RBS e depois apareceu na midia Italiana, que usou a RBS como fonte. Depois a RBS usou a referência Italiana aos rumoroes da RBS como mais prova de que algo está acontecendo! Parece até um joguinho que eles fazem! Agora quais são as fontes da RBS? A midia Italiana não confirma nada e só sabe o que a RBS apresentou.

Se é apenas fofoca pra chamar atenção eu não sei. Sei que 75% das noticias sobre vendas de jogadores normalmente estão ou erradas ou antecipadas por 6 meses ou 1 ano. Falaram que F9 ia sair em 2006 e acabou saindo em 2008. E daí? Nos todos sabemos que um dia todos vão sair! Mas não precisa escrever sobre isso 1 ano antes!

Agora sobre as vendas.

Tudo bem o Inter diz que tem que vender 1 pra pagar as contas. Até aceito isso pois o esquema tem dado certo até agora (se não contarmos com os desastres em campo em 2007 e 2008). Mas já não vendemos 1 esse ano? O Alex. Mas tudo bem chega a janela e sempre tem alguem que quer trocar seu bilhete milionário antes que algo aconteça.

Então o que seria aceitavel para voce para o resto de 2009? A venda de mais um jogador? Avenda de 2 estrelas? A venda de nenhum? Qual jogador você aceitaria?

Minhas respostas:

- Prefiro que esse grupo jogue o resto do Centenário. Seria uma tremenda mancada trocar a quimica que está acontecendo nesse momento com esse grupo.
- Mas se tem que vender um de preço alto, infelizmente teria que ser o Nilmar. DALE chegou a pouco e é o cerebro do time. Vender ele seria o fim do time. Vender o Taison então seria pior ainda. Já sofremos com a saída prematura do Pato e não merecemos mais uma dessas. Então so sobra o Nilmar que é um pouco mais velho que Taison e que já fez carreira no Inter. Mesmo assim prefiro que ele fique até o fim de 2009.
- Se venderem 2 estrelas até o fim do ano aí é completo desrespeito ao torcedor e socios.

Alem disso o que o Nilmar quer fazer no Palermo? Vai desaparecer! Quer ir pra Copa? Fica no Inter, ganha a CDB, o Brasileirão, Recopa e quem sabe até a Sulamericana e tu estará vestindo a Amarelinha na Africa do Sul. E isso vai para o Taison e Dale tambem. A Europa pode pagar bem hoje, mas a visibilidade do Inter é um investimento maior no seu futuro daqui a 1 ano.

ODIADO D´ALESSANDRO - REPETINDO


Cerebral = Cabezón


REPETINDO pela terceira vez - Antes em fev e abril de 2009

Leiam a primeira página de Esportes da ZH de hoje, 06.05.2011, lembrem do último GreNAL, onde a ´imprensa` condenou o ´violento` Guina.

==========================================================

Após longa novela o Dale aqui chegou, menosprezou a imprensa, e já declarou:
- Só falo uma vez por semana.

Pronto, logo vieram os primeiros adjetivos, mascarado, arrogante, ´argentino`, irritado, complicador, nervosinho, provocador e outros foram incorporados ao DALE, por parte da imprensa azul (aqui do RS), bem como a empresa Global quando se tratava de jogos contra o meeengo e similares (antes o Guina fora também acusado de violento). A imprensa gosta de ter assunto, não ter assunto é desemprego, então a ´persona` Dale só rende assunto em campo, que é o correto ! F9 disse uma frase logo que aqui chegou:
- As mãos que te aplaudem são as mesmas que te atiram pedras !
Então faça o trabalho correto e fecha a boca !

Esperto, rodado e maduro que é, esperou primeiro conhecer o ambiente, mostrar seu trabalho para aos poucos soltar-se em campo e fora dele, hoje sendo um dos maiores ídolos (e o melhor jogador colorado), insubstituível, pois meia-armador de qualidade é artigo raríssimo no futebol mundial (a Seleção Brasileira não tem...), exceto Thiago Neves (agora no Flu) os times brasileiros também não tem, os bons jogadores de meio-campo do Brasil são volantes, assim como nos melhores times da Europa. (Ex: Anderson no MUnited virou 2º volante - não é fácil ser meia...)

Ele praticamente faz todas as funções de um meio-campo com um excelente nível, arma, cria, chuta, dribla e marca (gols e o adversário), isto apesar de não gozar das benesses (folgas) estratégicas com que outro jogador colorado é contemplado.

O mais incrível é que todos os adversários odeiam o Dale, a imprensa azul odeia o Dale, os juízes odeiam o Dale, porque ele em campo é incansável, joga o tempo todo, não se conforma em não participar de todos os eventos do jogo, reclama sempre que leva ´bordoada` (e como leva !), por isto tem a ´pecha` de invocado e complicador, isto acaba por jogar o juiz contra a torcida (principalmente a adversária). Dois exemplos recentes : expulsão por ter sido seguro e derrubado contra o Zequinha e amarelo por ter levado 08 faltas violentas e só ter reclamado na última delas no Grenal.

Lembro que a imprensa daqui também pegava no pé do Lúcio hoje capitão da Seleção Brasileira, mesmos adjetivos, nervosinho, irritadiço, etc...nada disso, este tipo de jogador é sanguíneo, é inconformado, é o cara que chora quando perde, mas que se precisa joga 180 minutos em 90 !

São jogadores assim é quem fazem a diferença nos seus times, porque time de bonzinho, pipoqueiro, rico, acomodado e pacato não vence (Lembro da Seleção do Parreira na entrada do túnel contra a França, era beijinho pra cá, beijinho pra lá no Zidane & Cia, deu no que deu...)

Então, o Inter leva ´bordoada` de todo o lado e ´os outros` é quem reclamam da arbitragem, outros que por sinal não gostam de ser taxados de time mais violento do Brasil, e são mesmo. Sempre eles batem, com times piores ou melhores do que o nosso, lembro dos anjos Dinho, Sandro Goiano, Goiano, Adilson Batista, Rivarola, Cocitos e outros...lá os adjetivos são a tal alma castelhana (paraguaia, diga-se de passagem), mas no lado azul são copeiros, nosso lado é maloqueiro...

Dale, assim como Nilmar, Índio, Magrão, Taison, Álvaro, Guina, Edinho, Clemer, Tinga, Sóbis, F9, Eller, JW, Ceará, Iarley são jogadores que ganham a maioria dos jogos e títulos, outros são complementos...F9 em Caxias entregou o jogo pro JU, assumiu o êrro, deu a cara prá bater e garantiu os 8 x 1, mas isto é para que tem cujones e o acima nominados os têm de sobra...

Já ia me esquecendo...a imprensa em geral, gaúcha e brasileira e principalmente os azuis, todos admiram o Alex, mas quando falam do Dale ! Vide primeiro parágrafo... .
Façam o seguinte teste, pergunte para um amigo azul o que ele acha do Alex, não diga nada apenas ouça, depois perguntem o que ele acha do Dale, é tipo brinquedo de criança, é fácil e qualquer um se diverte...

Deixem o FALCÃO TRABALHAR, CRITICAR JÁ É PRECONCEITO !


quarta-feira, abril 29, 2009

"PASSEIO NOS AFLITOS"

Mais uma vitória e mais uma goleada! Mais uns lances para o DVD do D'Alessandro para o Maradona. A Classificação para a proxima fase quase garantida. Enquanto isso o Galo perdeu , O Corinthians perdeu e o Flamengo não consegiu vencer em casa.

PS: E O Cleiton Xavier hein? Quando tava no Inter era uma naba das piores, depois rodou rodou rodou por aí e finalmente de tanto insistir tá chegando lá. Tá de parabens por nunca ter desistido como parece acontecer com muitos jogadores jovens depois de não darem certos em clube grande. Baita golaço. Quanto mais times Brasileiros tiverem ocupados com Copas melhor pra nos no Brasileiro.

PS: Titulo do topico peguei emprestado de outra fonte. O Grêmio faz a Batalha nos Aflitos e nós passeamos lá.

PS: O Blog Vermelho chega a quase 110 Mil visitas nesse mes. O Segundo maior mês na historia do BV.

PS: O Intermometro decidi vai ser renovado cada semana, na Segundas em vez de a cada 15 dias. Acho que assim teremos um numero mais real para o momento do time. Retroativamente renovei ele hoje e depois na proxima segunda começara o ciclo permanente. Então não deixem de votar já que ta novinho o Intermometro.

Até agora os resultados são 4.28 na primeira semana e 4.41 na segunda semana. O Grafico pode ser visto no fim da pagina principal do Blog. Cada Segunda o Grafico será refeito.

Deixe aí a sua avaliação de cada jogador do Inter no Blog Score:


Nautico 0 x 3 Inter

Nilmar (Taison)
Taison (Magrão)
Marcelo Cordeiro (D'Alessandro)

ESTATISTICAS OFENSIVAS EM 2009
JOGADOR GOLS - ASSISTENCIAS - PONTOS
(2 Pontos por Gol, 1 Ponto por assistencia)

Taison 19 - 8 - 46
Nilmar 14 - 8 - 36
Andrezinho 8 - 6 - 22
Alecsandro 8 - 4 - 20
D'Alessandro 4 - 8 - 16
Magrão 5 - 4 - 14
M. Cordeiro 3 - 7 - 13
Indio 5 - 0 - 10
Walter 3 - 2 - 8
Alex 3 - 1 - 7
Kleber 0 - 7 - 7
Giuliano 1 - 3 - 5
Guinazu 1 - 2 - 4
Bolivar 1 - 1 - 3
Alvaro 1 - 1 - 3
Tales Cunha 1 - 1 - 3
Rosinei 1 - 0 - 2
Danilo 1 - 0 - 2
Paulinho 0 - 1 - 1
Sandro 0 - 1 - 1

O DIA MAIS IMPORTANTE DO ANO

- Hoje é o dia mais importante do ano para o Inter em termos futebolisticos pois agora a brincadeira acabou. Se empatarmos seria resultado esperado. Se ganharmos de goleada poderemos realmente acreditar que esse será nosso ano. Se ganharmos com resultado normal é um otimo sinal. Se perdermos será um Flashback para 2007 e 2008.

- Com ou sem Sandro não podemos usar isso como desculpa para um possivel mal resultado, afinal vivemos ouvindo e falando que temos um otimo plantel, então perder 1 jogador não deveria ser um grande problema...certo?

- Colocarei o jogo Ao Vivo aqui um pouco mais tarde com o Chat Ao Vivo.

- INTERmometro tem se estabilizado em 4.41. Como ficará depois do jogo?

- Hoje, o jogo de volta e a estreia contra o Corinthians dia 10 é um prato cheio de emoções para nós Colorados nas proximas duas semanas. Jogo em casa a gente sabe que podemos vencer, temos que confirmar fora tambem.

- Vale lembrar que em 2008 empatamos de 1 a 1 contra o Nautico lá e no Beira Rio.

- E olha essa estatistica asustadora do Brasileirão de 2008:

Nas primeiras 12 rodadas Fora de casa PERDEMOS 8 (incluindo Ipatinga, Sport, Vitoria e Portuguesa), EMPATAMOS 3 e ganhamos só UMA (contra o Flu)!

Nas ultimas 7 rodadas FORA de casa não fizemos muito melhor: Perdemos 4, empatamos 2 e ganhamos so 1. Ou seja em 19 jogos fora de casa no Brasileirão ganhamos so DUAS! Perdemos 12!!! E olha que todos achavam que nos eramos favoritos!!

INACEITAVEL! ISSO NÃO PODE ACONTECER EM 2009....nem metade disso!

PS: Hoje o BV passou das 100 Mil visitas no mes de Abril e será o segundo melhor mes em termos de visitas ao Blog Vermelho, ficando apenas atras de Junho de 2007 quando tivemos 135 Mil visitas naquele mês.

É chegada a hora...

Comentar futebol pode ser uma tarefa muito ingrata. Ora o sujeito é taxado de bairrista, ora de retranqueiro, na maioria das vezes de imparcial ou algo do gênero “esse cara não entende p**** nenhuma”.

Exceções obviamente existem, sempre de acordo com o gosto pessoal de cada um. Um dos comentaristas que gosto particularmente de sua visão lúcida de futebol é o Lédio Carmona. Através de seu blog, um dos mais visitados nacionalmente no ramo esportivo, foi levantada a seguinte enquete: “Qual é o melhor time do Brasil?”

Já foram postados cerca de 1.400 comentários, e pelo que pude constatar o nosso glorioso time goza de bastante prestígio, aparentemente liderando a pesquisa. Sinal de que as goleadas e futebol vistoso repercutiram bastante país afora, apesar da imprensa pró-eixo Rio-São Paulo não dar ao Inter metade do destaque e visibilidade que dá aos times locais.

Eu simplesmente não me empolgo nem um pouco com esse resultado, bem pelo contrário. Apesar de incontestavelmente não podermos ser nada menos do que considerados postulantes ao título, sempre fico receoso com esse oba-oba afinal futebol se comprova em campo, e somente nele. Ainda mais considerando que esse filme já foi visto ano passado.

Ainda assim, uma coisa concordo com a grande maioria dos que se manifestaram: Inter, Cruzeiro, São Paulo e Corinthians: eis os meus favoritos aos principais títulos nacionais. Os três primeiro pelo seu elenco, e o último pelo seu treinador e regularidade de perder muito pouco.

Logo a seguir, um degrau abaixo, um grupo que irá lutar com reais condições pela classificação à Copa Libertadores; pela força de sua camisa podem surpreender e até mesmo brigar pelo título: Palmeiras, Grêmio e talvez o Fluminense.

Flamengo, Botafogo, Atlético-Mg, Sport e Atlético-Pr provavelmente irão lutar pela Sula, na melhor das hipóteses a última vaga para LA09.

Na Copa do Brasil coloco Internacional e Corinthians como favoritos, e em segundo plano Flamengo e Fluminense. Como esta é uma competição onde os “fracos” ocasionalmente têm vez, quem sabe Goiás e Coritiba podem chegar mais longe que o previsto.

Não compactuo em hipótese alguma com os argumentos de favoritismo exacerbado, muito menos de desmérito aos adversários, aquela batida frase: “O Inter só perde para ele mesmo”. Não há campeonato em lugar algum do mundo com tantas equipes com reais condições de vencer e que permite tantas surpresas como o Brasileirão e a Copa do Brasil. Nessas circunstâncias, os detalhes são decisivos. E as derrotas nem sempre passam por deméritos próprios: há de enxergar méritos nos adversários.

Em um ano em que a janela da metade do ano promete passar sem grandes estragos na maioria dos times, irá vencer aquele que for regular, e acima de tudo a equipe que entender que cada jogo é uma decisão.

Três pontos contra o Santo André valem os mesmos três pontos que contra qualquer equipe, e para isso, além de vitórias em casa precisamos aprender a jogar fora e não ressuscitarmos os “mortos”.

Final de Abril. Agora é a hora de “separar homens de ratos”.

Qualidade temos, mas a comprovação só vem em campo. Somente através dele.

Começa hoje, passa pela próxima quarta e oxalá haverá uma pequena confirmação dia 10. Confesso, estou ansioso.

terça-feira, abril 28, 2009

Argentinos Falam sobre o Inter

Legal o projeto do pessoal do Consulado Colorado em Buenos Aires entrevistando dirigentes de clubes de lá sobre nosso Colorado. Otima iniciativa, parabens ao Consulado Colorado e os responsaveis pelo video! Simplesmente nota 10 o projeto!



O Não Sócio Colorado

O quadro social do Inter é o maior do Brasil e um dos dez maiores do mundo. A importância disso em cifrões é celebrada pela administração do clube, com justiça, e noticiada por toda a imprensa nacional. É, de fato, algo para se orgulhar. Contudo, cabe aqui uma reflexão. Se hoje temos mais de 80 mil sócios, é porque, antes disso, já tínhamos cerca de 8 milhões de torcedores. Torcedores não sócios.

Muito embora o quadro social consista numa das principais fontes de renda do clube, este não deve, jamais, se esquecer do outros milhões de torcedores que, por qualquer que seja a razão, não se associam, mas nem por isso deixam de levar o nome, a marca e a grandeza do clube adiante.

Há torcedores que simplesmente não gostam de ir ao estádio. Torcem pelo time, adoram o clube, mas preferem assistir aos jogos pela televisão. Muitos deles não trocam o conforto de suas casas pela vibração do estádio, nem abrem mão da repetição em câmera lenta na TV de plasma. De qualquer modo, indiretamente, são esses torcedores, muitas vezes taxados de torcida pay-per-view, que contribuem com o valor que o clube recebe das emissoras de TV pela transmissão dos jogos. Daí a importância de se ter uma grande torcida, mesmo de não sócios. Quanto maior a torcida, maior a audiência e, ao menos em tese, maior pode ser a fatia do clube na repartição desse bolo.

Além disso, é sempre importante considerar o torcedor que mora longe de Porto Alegre e pouco ou quase nunca pode vir ao Beira-Rio para assistir a um jogo. É admirável o sócio que mora longe e contribui com o clube por amor ou mesmo para, nas raras vezes em que pode estar na capital gaúcha, ter o direito de acesso ao estádio. Entretanto, não se pode condenar o torcedor que, ante a impossibilidade de acompanhar o seu time de perto com frequência, acaba optando por não se associar.

Todavia, tanto o torcedor não sócio que não deseja frequentar o estádio, quanto aquele que não se associa porque mora longe, acaba ajudando o clube comprando produtos oficiais ou assistindo aos jogos pelos canais de televisão fechados. São torcedores que se organizam em suas casas, seus bairros, promovendo eventos e celebrando o clube. E isso também é muito importante para a instituição.

Diante dessa realidade, entendo que o clube também deve buscar uma forma de valorizar esses torcedores. Cada vez mais se torna fácil elaborar cadastros de consumidores. Comprando ou pagando por meio eletrônico, como nos casos dos cartões de débito e de crédito, seria possível o Inter criar uma espécie de clube de fidelidade do seu torcedor não sócio. Assim, dependendo do valor que um determinado consumidor gastou em certo período, ele poderia ter direito de concorrer a sorteios. obter desconto no ingresso, ou até mesmo nas primeiras mensalidades, caso se torne sócio. Seria uma maneira de valorizar o torcedor não sócio e, de quebra, cativá-lo para se associar.

Por outro lado, é importante salientar um fator que muitas vezes impede um torcedor fanático de se associar ao seu clube do coração: o financeiro. Há com certeza uma infinidade de colorados que gostaria, mas simplesmente não pode ou não consegue se associar, pois R$ 22,00 por mês em seus orçamentos acaba tendo outra destinação, outra prioridade. Isso quando se tem esses R$ 22,00 por mês para escolher. Contudo, nem por isso o clube deve se olvidar dessa parcela da sua torcida.

Ocorre que esses torcedores, embora não façam parte do quadro social, não paguem pelo pay-per-view, não possam frequentar seguidamente o estádio e nem comprem produtos oficiais do clube, sempre que podem vestem uma camisa colorada, hasteiam bandeiras vermelhas nas suas casas e fazem festa para o clube nos dias de jogos. São torcedores que também colaboram com o clube, divulgando suas cores, seus símbolos, levando adiante a paixão e o orgulho de serem colorados. Sim, eles também ajudam o clube, fazendo a sua parte apesar das suas limitações.

E quando lembro que já se passaram três meses de jogos do time principal no Beira-Rio, vários deles com menos da metade do estádio cheio, me questiono: não dá para oferecer ingressos mais baratos, atraindo, assim, um maior número de torcedores não sócios? Ora, se um jogo contra o Grêmio Sapucaiense não atrai mais de 20 mil pessoas, me parece tranquilo que se poderia oferecer uma determinada carga de ingressos a preços verdadeiramente populares.

Claro que, muitas vezes, o valor dos ingressos é determinado pelas federações. Mas será que não está na hora de fazer uma pressão política para reverter um pouco esse quadro? Que há um processo universal de elitização dos estádios de futebol, isso me parece inegável. Contudo, há certos exageros que parecem evidenciar que alguns dirigentes estão se distanciando da realidade em matéria de preço dos ingressos. Um exemplo claríssimo foi o ocorrido no último jogo da seleção brasileira em Porto Alegre. Se tá caro, neguinho não compra. Dentre eles, eu.

Além disso, o Inter, como Clube do Povo, não pode jamais descuidar dessa sua característica. Que o Beira-Rio pretende se modernizar e que os jogos decisivos serão privilégio dos sócios, como ocorreu na final da Sul-Americana, isso não se contesta. É um processo, aparentemente, irreversível. Contudo, não podemos deixar de contar com aquele torcedor que, mesmo que jamais se torne sócio, seja por que razão, merece ser olhado com carinho, merece ser cativado pelo clube.

Quantos colorados iriam assistir ao Inter no estádio, ainda que numa partida de menor importância, se os preços fossem mais acessíveis? Desde já cito um exemplo. No domingo, dia 31/05, às 18h30min, haverá o jogo Inter x Avaí, no Beira-Rio. Já vai estar escuro quando a bola rolar e a temperatura provavelmente estará baixa. Se tudo der certo, estaremos às vésperas do primeiro jogo da final da Copa do Brasil. Nessas circunstâncias, o Inter provavelmente jogaria com reservas. Alguém imagina mais de 20 mil pessoas nesse jogo? Pois bem, eis aí uma grande oportunidade para uma promoção de ingressos a preços populares para não sócios. Uma promoção num jogo específico. Traz o povo para o estádio, dá uma atenção especial pra ele, mostra a família no placar, trata o teu povo com carinho.

Ademais, não devemos deixar de lembrar da necessidade de se desenvolver medidas criativas para viabilizar a oferta de produtos oficiais a preços populares. O torcedor do clube do povo não faz questão de usar uma camisa com tecido importado com tecnologia que absorve o suor do corpo e deixa a vestimenta mais leve. Mal e mal sobra dinheiro pra desodorante, meu velho! Mas se o clube proporcionar um produto oficial a preços módicos, ele vai exibir orgulhoso, mostrar para a família, os amigos, toda a vizinhança! É um garoto propaganda do clube. E ele ainda paga para trabalhar!

Desenvolvendo medidas assim, poderemos dar àquele torcedor que não paga mensalidade, não assiste pay-per-view, não compra produtos oficiais, o reconhecimento que ele merece. Pois ele pode não dar dinheiro direta ou indiretamente para o clube, mas ele é um verdadeiro e digno representante da nação colorada. Ele festeja o seu time todo santo dia, leva com orgulho as cores do Inter e defende o clube contra tudo e contra todos. Ai de quem falar mal! Este, a meu ver, o melhor marketing que um clube de futebol pode ter.

Se 1 a cada 100 colorados se associa, temos que lembrar que há outros 99 que podem se tornar sócios ou não. Mas a grande maioria, sempre foi e sempre será simplesmente, torcedor colorado. E o clube não pode se esquecer deles, pois o Inter jamais teria chegado até aqui sem eles, pois eles são a nossa força, eles são a nossa história, eles são a nossa identidade. Eles são o povo, o povo do Clube do Povo!

segunda-feira, abril 27, 2009

O PRIMEIRO GRANDE TESTE

- O INTERmometro está chegando perto dos 1000 votos desde que coloquei aqui no Blog semana passada. A Media estava por perto de 4.30 antes do jogo contra o Guarani, mas depois da goleada de 5 a 0 a media subiu para 4.41 o que é bastante, considerando o numero alto de votos.

Você mudará seu voto depois da partida em Recife? Eu tinha posto um 3 e depois do Guarani troquei para 4. Agora contra o Nautico teremos um teste valioso, fora de casa contra um time da Serie A. Se o Inter perder e perder feio sem a minima cara desse time que anda goleando todo mundo sou capaz de trocar meu voto para 2, pois essa é a hora da verdade e não a hora de fracassar. É uma especie de Previsão de Corinthians e Inter no dia 10 lá em São Paulo.

Quarta é um teste para ver de que é feito esse time. Se realmente é "The Real Thing" ou se apenas bate em morto. Talvez o primeiro fora da serie Grenal em 2009. Por isso meu voto pode cair de 4 para 2. Se der empate ou Vitoria sou capaz de deixar no 4, mas depende do jogo.

No dia primeiro o INTERmometro será zerado (o que será feito a cada 15 dias), então não esquecem de sempre participar. O Grafico no fim do Blog tambem terá update na mesmas datas. O TITEmometro eu pretendo deixar sem zerar como teste para ver como fica sem ter que zerar.

- Ainda estou recebendo Historias para o Livro Grenal, se voce não enviou seu não deixe de participar. Clique no livro na coluna direita para detalhes.

- Coloquei na Coluna direita do Blog dois RSS readers com 10 fontes de noticias relacionadas ao Inter e futebol em geral. Na maioria Blogs. Com isso fica facil ver de um lugar só o que se passa no Blog do Juca, Ledio Carmona, Milton Neves, Mario Marcos, Wianey, Fernandão alem de Noticias do Inter no GloboEsporte, UOL e FinalSports. Eu ficava navegando de site em site agora acho que vou economizar um tempo apenas clicando em cada um pra ver se tem algo bom para ler. Espero que seja util a outros tambem.

Beiraflit's

“O pernambucano é o gaúcho a pé”

Frase dita por Alceu Valença, em ocasião de seu show no Salão de Atos, há uns anos, referindo-se ao pernambucano como um gaúcho sem cavalo. A comparação entre os dois Estados justifica a condição humilde dos nordestinos frente aos sulistas, mas também lembra que temos semelhanças, principalmente na cultura popular. Forró é xote com triângulo. A gaita é tão popular aqui quanto lá. As raízes do Maracatu e da música Gauchesca são igualmente valorizadas pelos filhos das duas terras.

Os times de Internacional e Náutico reiteram a disparidade, a equipe do sul tem grupo mais qualificado, salários altos, mas como prudência e canja de galinha não fazem mal a ninguém, lembremos das características comuns, de origem e superação. Não se pode subestimar quem caça caranguejo no meio da lama, que é bicho brabo e resistente.

Por isso, cuidado Colorado. O Inter só pode perder pra ele mesmo, se repetir o erro do resultado “ao natural”, cometido no ano passado. Não creio que irá acontecer de novo e vou recordar que naquela ocasião houve, antes da derrota, dois confrontos de superação que geraram desgaste: a eliminação do Paraná e final do Gauchão contra o Juventude, jogos em que saímos em desvantagem e corremos pra buscar. Além disso, tivemos desfalques naquela noite no Recife e uma equipe ainda em renovação. O grupo de hoje tá vacinado, administra confiança com cautela. É onze contra onze, gaúchos e pernambucanos, trova & cordel.

Pra cima deles meu Inter.

WEBCAMS NO BEIRA RIO

Apenas uma rapida sugestão ao Colorado. Que tal instalar umas 2 ou 3 webcams pelo complexo Beira Rio para que a galera na Internet posso matar a saudades do Beira Rio? Hoje em dia imagino que não deva ser algo caro ou complicado. Minha sugestão seria colocar uma no campo suplementar, outra na entrada principal por onde os jogadores chegam e uma em cima do Placar (que poderia ser desativada na hora do jogo para não ter problemas legais). Ou uma poderia captar o movimento de chegada da torcida em dias de jogos.

PS:

E pensar que esses loucos torcedores podem sentar mais perto da ação do que numa partida no Beira Rio! Isso foi ontem, 7 feridos mas ninguem morreu. E isso aconteceu na reta final da corrida. Veja em alta qualidade:




PSS:

Alex continua arrasando na Russia. Mais duas assistencias ontem, essa genial:


domingo, abril 26, 2009

LOTAR O BEIRA RIO: Missão Imposivel?

Vem e vai ano, vem e vai campeonatos e finais (muitos nos ultimos anos por sinal) e o Beira Rio não consegue ficar lotado. Sim os radialistas exageram muitas vezes falando "O estadio tá lotado" mas 30 ou 40 mil não é lotado. Pelo que eu saiba no Beira Rio, lotado seria 56 Mil. Mas na final da Libertadoires 2006, em todos os jogos antes na mesma competição, nas finais da Recopa e Sulamerica e Gaúchão UMA coisa é certa: Vai ter espaço em branco no Gol do lado do Gigantinho.

Sim há varias razões para isso. Podem culpar a torcida adversaria, a policia, os cambistas, o clube, Deus, o Tempo, seja lá quem for mas depois de todas as desculpas do mundo nos resta o video do Gol do Fernandão contra o San Pablo naquela final filmada da altura do Gramado e quando a bola voa em closeup em direção a pequena area só se vez arquibancada VAZIA...na final da Libertadores! Culpe quem quiser, mas isso simplesmente é inadimissivel! Passa ano e a mesma coisa continua acontecendo. Mesmo com 80 Mil socios.

Na minha opinião esse negocio de socio ter que telefonar ou mandar email pra reservar sua vaga é dificil de dar certo. Se não tem dinheiro na conversa o cara pode ligar toda semana e reservar o espaço e depois não aparecer. Mesmo se desse certo o clube teria o que 1 ou 2 dias para vender os ingressos restantes? Isso é uma loucura.

Qual a solução? Existe uma? Deve existir por em outros lugares muitos estadio vivem completamente lotados. Clubes na Europa tem até lista de espera pra comprar ingressos para o ano todo.

Porque não tentar vender ingressos para socios e não socios por pacote de jogos e por campeonato antecipadamente?

Por exemplo, o Brasileirão vem aí e a tabela tá toda definida. Porque que já não se pode comprar ingressos no site do Inter para pacotes de digamos 3 jogos ou 10 jogos? Onde você escolhe os 10 jogos dos 19 que serão disputados no Beira Rio no Brasileirão. Assim a "corrida" para ingressos já teria começado e quem vai querer esperar pra comprar ingressos para certos jogos e arriscar ficar de fora? Eu por exemplo iria comprar um pacote para jogos contra o Gremio, Corinthians, Flamengo etc..enfim procuraria hoje mesmo para garantir meu espaço.

Um problema é a velha oferta e demanda. Quase todo mundo sabe que ingressos tem de sobra e por isso ninguem tem pressa de comprar, ninguem tem pressa de reservar e o estadio não tem pressa de lotar. A verdade é que o Inter deveria fazer mais para fazer o Ingresso ser algo mais visado, raro, desejável ou seja aumentar a demanda em vez da oferta. Acho que todos sabem que quando algo é mais dificil de conseguir mais gente acaba querendo. Tambem não aceito essa de que não dá pra comparar Europa e Brasil, ora os restaurantes, cinemas e shoppings vivem lotados no Brasil porque não os estadios onde Futebol é #1?!! Acho que na Europa eles simplementes fazem marketing melhor em cima do futebol enquanto no Brasil por geraçoes futebol tem sido tratado não como negocio pelos clubes mas apenas movido por Paixão (veja o Flamengo, enorme torcida mas é um clube com pouca estrutura). Só mais recentemente é que clubes como o Inter tem feito um trabalho invejável pelo Brasil. Mas dá para melhorar mais ainda.

Estou curioso para ver o que vai acontecer aqui nos EUA em 2010 quando inagurarem o novo estadio do Red Bulls aqui perto da minha casa, um belo estadio com capacidade para apenas 30 Mil maximo (parece maior quando voce ve ele por fora. O Clube com certeza fara de tudo para vender todos os ingressos de todos os jogos. Num País onde futebol é TALVEZ o quinto ou sexto esporte a Media de Publico da Liga MLS em 2007 foi de 16700. No mesmo ano no Brasil a media de Publico do Brasileirão foi de 17461 ou seja praticamente empatado com os EUA. Isso é inaceitavel.

E no Red Bull Arena que so ficara pronto para a temporada de 2010 já da para se comprar ingressos. Nesse site voce pode ver a visão de campo de qualquer parte do Estadio VEJA AQUI


Red Bull Arena no Dia 23 de Abril atraves do WebCam ao vivo


Eu não sei qual a solução para o Brasil nesse aspecto. Vocês que vivem aí devem saber mais do que eu o que faz o torcedor querer ir ao estadio ou não. Imagino que o fato que mal existe estacionamento no Beira Rio não ajude. Se voce tivesse que ir no Shopping Iguatemi e estacionar no barro, voce iria? Duvido. Ultima vez que tive no Beira Rio em 2005 foi assim, no barro e num estacionamento estilo "salve-se quem puder".

Algumas das minhas iniciativas seriam:

- Estacionamento e segurança prioridade #1
- Oferecer Pacotes de jogos. Tipo 3, 5, 10 e 19 jogos do Brasileirão.
- Reservar 7500 ingressos para publico não socio em todos os jogos. Independentemente de socios ir ou não.
- O resto dos ingressos iriam para Socios e Socios com Pacotes (e ou Cadeiras Cativas)
- Criar um setor no estadio (se já nao existe) e PROMOVER esse espaço onde você senta na SUA cadeira e todos os jogos voce tem o mesmo "vizinho". Já existe isso aí?
Uma vez peguei o ingresso do meu Sogro da NFL e sentei na cadeira dele, chegando lá todo mundo ao meu redor conhecia meu Sogro e perguntaram por ele querendo saber quem eu era. Acho isso legal mesmo que se no Brasil fosse apenas em um setor do estadio.
- Aumentaria o conforto no estadio diminuindo a capacidade para entren 45-50 Mil pessoas. O que tambem ajudaria a aumentar a demanda.

Apresentem aí as suas soluçoes....mas por favor sem essa de aumentar a capacidade do estadio. Sou contra! Se não conseguimos colocar 30 mil com regularidade a ultima coisa que precisamos é estadio para 70 Mil pessoas.

PS:

O Site do Barcelona explica o esquema deles. Alguns pontos importantes:

- Socio e Ingresso a todos os jogos são coisas separadas. Como Socio voce tem direito de comprar TODOS os jogos do ano ou pacotes menores de 3 a mais jogos.
- Voce precisa ser socio pra poder comprar pacotes de jogos.
- Existem Pacotes por TODAS TEMPORADA ou POR TORNEIO.
- Voce pode emprestar sua Carteira de dono de pacote para outra pessoa. Ou seja se voce não vai ao jogo tu da para alguem (ou ate vende).
- Tu pode transferir tua cadeira/pacote a outra pessoa atravez do servicó de Socio do Clube.
- NO MOMENTO NÃO HÁ PACOTES DE INGRESSOS PRA TEMPORADA. Estão todos vendidos, socio novo tera que entrar numa lista de espera ou ganhar de herança!

PS:

Media de Publico no Beira Rio no Brasileirao de 75 : 46,491 (segundo Wikipedia)

Isso quando a População de Porto Alegre era metade do que é hoje! Mas hoje Porto Alegre tem mais opçoes para entretendimento do que tinha em 75. É dever dos clubes saber lutar e ganhar dos Shoppings, Cinemas na competição de levar seu dinheiro.

A CULPA É DE QUEM?

A última noticia que ronda Porto Alegre nesses primeiros dias de outono dá conta que o colorado está sendo acusado de um crime. Segundo depoimentos de pessoas ligadas a outros clubes do Rio Grande Sul o time do Inter está surrando e massacrando adversários sem dó nem piedade.

O delegado que está conduzindo as investigações citou que vitórias de 8, 7, 6 e 5 gols são consideradas violação ao direito dos clubes perdedores. Ele cita também que vencer clássico três vezes no mesmo ano e pelo mesmo placar pode parecer deboche com o rival.

A investigação está atrás dos responsáveis por esses atos, que são as seguintes opções:

1 - Adenor L. Bacchi, vulgo Tite, treinador do S. C. Internacional é o regente da equipe que está fazendo alguns jogadores trabalharem por música. Responsável pela campanha invicta do inter no gauchão e que tem tudo para ser escolhido o melhor técnico do ano pela CBF depois de levar o colorado ao Tetra campeonato brasileiro. A suspeita de que Fabio Mahseredjian está envolvido com Tite.

2 - Fernando Carvalho - Este cidadão está incomodando a comunidade co-irmã já algum tempo. Está na mira por formar alianças com alguns empresários e trazer jogadores como Dalesandro, Guinazu, F9 entre outros. Pode ser responsável por toda essa fase colorada.

3 - Trio de ataque. - Dale, Taison e Nilmar. Um argentino sozinho já pode ser problema, ainda mais quando seu amigo de ataque se chama Tayson, a coisa pode ficar feia para os adversários. O três juntos são responsáveis por 35 gols em 2009.

Me desculpem a brincadeira, apenas tentei saber qual eram os fatores responsáveis pelo grande inicio de ano que estamos tendo. Temos um grupo muito forte mas com algumas deficiências. Não existe time sem defeitos, o Barcelona era um time aparentemente perfeito e levou gol do Gabirú. Não existe os que procuramos, um time sem pontos fracos é como a terra prometida, pode até procurar, mas achar é outra história.

Dale,

Guilherme Arruda - CB

sábado, abril 25, 2009

Em casa ou fora?

A partir desta fase na Copa do Brasil tem sorteio pra ver quem decide em casa. O Inter jogará contra o Náutico a segunda partida no Beira-Rio. E isto é bom ou ruim? O presidente, VP, prefere assim, já o vice de futebol, FC, preferia o contrário. E você, o que prefere?

Como não sou historiador e muito menos tenho boa memória, vou me deter nas finais dos últimos anos. Nas últimas 5 edições da CDB o vencedor jogou a decisão como visitante. Na LA três títulos ficaram com quem decidiu em casa e dois com quem jogou fora o último jogo. Já a Sul América a história é diferente: os últimos 4 títulos foram ganhos pelos mandantes.

Enquanto isto, o Inter tem se dado muito melhor quando traz a decisão pro Beira-rio. Lembro que vencemos a LA, a Recopa e a Sul Americana jogando em casa. De maneira contrária, fomos eliminados da CDB fora de casa em 2008 e 2005 (nossas duas últimas participações). Talvez seja por isto que eu prefira a decisão sempre no gigante. E você: prefere o primeiro jogo em casa ou fora?

sexta-feira, abril 24, 2009

Sempre lembre do passado

Na saída do jogo contra o Caxias, gostei muito de ouvir a entrevista do Andrezinho. Ao sair do vestiário, o jogador comentou que o Fernando Carvalho havia alertado o grupo sobre a temporada passada, na qual vencemos o Juventude por 8 a 1, mas não conseguimos atingir nossos objetivos nacionais.
Isso me lembra um episódio que para mim é emblemático e que reproduzo na imagem abaixo.
A derrota naquele Gauchão de 2006 foi fundamental para as conquistas que se iniciaram a partir dali. Por episódios como esse que escrevi há poucos dias sobre a importância de valorizar as derrotas do passado.
Nas últimas rodadas do Brasileirão cada pontinho faz uma enorme diferença e sempre olho a tabela lembrando das perdas idiotas de pontos em casa, contra times que estão rumo a série "B", ou simplesmente porque colocamos um time reserva para poupar titulares para outros campeonatos. E não serão poucos.
Em várias rodadas teremos dificuldades por causa da Copa do Brasil, depois tem a tal da "Suruga Bank", lá no Japão (e sabemos como é complicada a questão da longa viagem, mais fuso-horário), depois disso, ainda vem a Sul-Americana.
Enfim, ganhar o Brasileirão será muito complicado, mesmo com o time afinado. Gauchão não deve ser parâmetro. Vamos manter os pés no chão e apoiar o Inter não com a velha soberba digna dos vizinhos do outro bairro, mas com a gana e a humildade da Libertadores de 2006. Até o último minuto. E, quem sabe, a explosão final e definitiva.


VALDOMIRO MERECE

Podem falar em Falcão, Figueroa e Fernandão, todos idolos sem duvuda. Mas lá em cima junto com todos esses, devendo nada a ninguem é o Valdomiro. O Unico Octa Campeão Gaúcho e Tri Brasileiro. Ele tava lá em 69 no primeiro gol do Beira Rio. Ele tava na Copa de 74 fazendo gol, tava lá no gol do titulo de 75 cruzando para o Figueroa marcar, ele fez gol na final de 76 e fez gols na conquista de 79. Ele merece esse memorial. Grande Valdomiro! Facilmente no Top 5 dos Idolos Colorados de todos os tempos. Legal o onibus do Inter cheio de dirigentes e ex jogadores viajando até Criciuma para as festividades.



ps:

- O INTERmometro subiu de 4.30 para 4.40 depois da vitoria sobre o Guarani. Parece pouco mas não é! Depois de 700 votos subir .10 não é pouca coisa. Agora vai ser interessante o proximo confronto contra o Nautico, ainda mais com a historia dos nossos rivais por lá.

- O BlogScore está aberto caso você não tenha deixado sua avaliação do ultimo jogo.

- Tite com aprovação bem maior que o Obama tem. Tite no momento tá com 93% de aprovação segundo o TITEmometro ali em cima no Blog.

quinta-feira, abril 23, 2009

Mistura Jorge com Darwin

Eu estou vestido com as roupas e as armas de Jorge, para que meus inimigos tenham pés e não me alcancem.
Para que meus inimigos tenham mão e, não me toquem.

Para que meus inimigos tenham olhos e não me vejam.
E nem mesmo um pensamento eles possam ter para me fazerem mal...

O universo conspira e São Jorge baixou na beira do rio. O ano do centenário está rodeado de curiosidades, repleto de expectativas e de grande inspiração. Se a fé não te comove, saiba que neste ano se comemoram os duzentos anos do nascimento de Charles Darwin – pai da “Origem das Espécies” e entendedor da criação. Devotos ou não, crentes ou céticos, religiosos ou científicos, entendam que dá pra misturar um pouco de São Jorge com Darwin que sai o Inter de santo guerreiro, matando dragão e sustentando que só os mais fortes sobrevivem.

Bem ressalto que faltam batalhas contundentes pra justificarem mito e teoria. Até sinto ansiedade por estes confrontos, mesmo assim, enquanto não me recrutam até a arquibancada no momento forte e bravo, sigo divagando sobre a linda jogada no gol de Taison, ontem, que iniciou numa disputa belíssima de Alecsandro (ou Sandro?). No meio do campo, caído e restabelecido na mesma elegância, retoma a bola, manda pra D’Alessandro num passe longo, que manda pro Neguinho chutar forte no canto. É... Os mais fortes sobrevivem.

Em vinte e três de abril é dia de São Jorge e, tu vês, suas cores são vermelho e branco. Jorge é da Capadócia e também é colorado. Darwin proporia, hoje, a nova evolução: primeiro macaco, depois homem e por fim, D’Alessandro. Mas também complementaria, Guiñazu veio do cachorro louco, Taison e Nilmar, do papa-léguas e por aí vai. Os próximos meses hão de unir galho de arruda com física e química. Coincidências misturadas com lógica. A certeza de tudo, com a certeza de nada. Que possa eu estar presente, em cada um destes momentos.

Salve!

"D'Alessandro não jogará bosta nenhuma"

Um dos ultimos vestigios de divertimento no já cansado Orkut são os topicos que aparecem por lá e depois viram lendários pelo seu conteúdo. Existe um Colorado chamado Andreas Muller que é um profeta ao contrario (e tambem escreve no Final Esportes). Tudo que ele escreve (ao menos no Orkut) dá ao contrario e são inumeros os momentos anti-Nostradamus dele. Um dos mais relevantes no momento é o que ele escreveu no dia 9 de julho de 2008:


Texto de Andreas Muller

D'ALESSANDRO - Não jogará bosta nenhuma

Eu sou contra a contratação de D'Alessandro.

Jogadores como ele, vindos da Argentina, metidos a craque, NUNCA jogam bem na dupla Gre-Nal. Basta lembrar da história recente de Inter e Grêmio para comprovar a tese.

Lógico, jogadores como Guinazu, que têm funções mais defensivas, geralmente vão bem... Mas esse não é o caso do D'Alessandro, um meio-campista mais ofensivo, que se acha estrela.

Ora, o mundo inteiro sabe que o futebol brasileiro, DO MEIO PRA FRENTE, está anos-luz à frente de qualquer outro futebol deste planeta. Para quem joga do meio pra frente, a regra é esta: é preciso ser brilhante na Argentina para ser apenas mediano no Brasil.

Por tudo isso, eu digo: D'Alessandro? Não, obrigado.
Prefiro o Taison, brasileiro e mais barato.


PS:

Mais algumas novidades no Blog.

Agora temos tambem alem do INTERmometro com os escudos do Inter no topo do blog,temos uma especie de INTERmometro só que para apenas o TITE. Tá ali em cima do blog com um Dedão pra cima ou um Dedão pra baixo. Será interesante ver o grau de aprovação do Tite ao passar do tempo. No momento TITE está dando de goleado com alta aprovação.

Tambem na coluna direita do Blog coloquei uma nova janelinha com as ultimas de 5 Sites: Do Blog do Juca Kfouri, do Ledio Carmona, do Mario Marcos (Bola Dividida) e para agradar os mais cornetas o Blog do Wianey, alem das ultimas noticias do Inter via a Globo. Assim voces podem verificar cada blog sem ter que ir procurando.

Locomotiva ou Fusquinha ?




Obs: Post escrito antes do jogo, item 1 não mudo uma vírgula, Bolívar não é LD, ontem no único ataque pelo seu lado, simplesmente aterrisou, precisamos alguém mais ´energético` ali, pois o meio-campo não vai correr assim todo o Brasileirão. Ontem o Alecsandro ficou dentro da área, deu no que deu....
E passamos 2007 / 2008 venerando uma estrelinha falante e um quebrador de bola, hoje o Inter é a estrela maior, todos correm como operários e jogam bola...é simples.
--------------------------------------------------------------------------------
Este ano Centenário até agora está perfeito, sabendo que não existe perfeição, poderemos com a maior calma do mundo, corrigir eventuais e pontuais erros que são praticamente unânimes:

1 - A lateral direita não tem dono. Incrivelmente se noticia, espero ser ´bomba de efeito moral`, que alguém do Inter está indo para a França tentar baixar o preço do Bolivar...nem de graça, este já deu o que tinha que dar... Ou se contrata um Léo Moura ou se aproveitam os jovens que estão no elenco, Arilton ou Danilo Silva / Danny, todos eles hoje melhores do que bolivar, quer na LD ou na zaga. Experiencia se adquire jogando, principalmente num campeonato contra a maioria de times ruins como é o Brasileirão (vide co-irmão ano passado, time de muitos jovens chegou à LA2009)

2 - A zaga preocupa muito, Indio ainda tem crédito, mas no seu lado é só interrogação, enquando Sorondo não vem (nenhuma garantia de sua volta, apesar do competente e quase mágico Prof. Élio Carraveta). Danny espera sua chance...quase mofando, e quando entra tem que mostrar exclente ´serviço` instantaneo, coisa que não se é exigida dos ´veteranos`. Isto acontece desde 2007. Aos veteranos todas a desculpas e a maior paciência do mundo, consideração e até demasiada gratidão (apesar dos salários bons e em dia), aos jovens nenhum perdão ! Falando nisto, onde está o Marquinhos, meia-esquerda ? Ele já deve ser melhor do que o Andrézinho...tem também um jovem chamado Giuliano, nº 5, canhoto que jogou muito no Inter sub-20 !

3 - As subtituições do Tite são sempre as mesmas, Andrézinho é sempre o primeiro da lista, independente dos adversários, situação de jogo, etc...isto vai dando uma falsa impressão (até pra ele Andrézinho) de jogador imprescindível, o que está longe de acontecer. Na frente dele deveriam estar Giuliano e até Rosinei. Colocar Marcelo Cordeiro de volante ou meia é uma aberração, no máximo é um razoável reserva do Kleber que incompreensivelmente, é o que parece, tem instruções de não apoiar, o que transforma em deserto o lado esquerdo de ataque, acrescido do desértico lado direito, o que contra times fechados é quase fatal.

4 - Complementando o item acima, ficam sobrecarregados os 04 jogadores de meio-campo, ficando eles responsavel por toda a criação, armação de jogadas e marcação dos adversários, pois Kleber e Bolivar (?) são jogadores técnicos, não tem grande poder de roubar bolas no campo adversário, talvez seja uma das causas da falada ´falta de pegada` do Inter em alguns jogos.

5 - Falando em 04 jogadores do meio-campo, e exemplificando que não se pode dar poder absoluto a ninguém, nem ´bater palmas sem raciocinar` foi falado(pelo TT) justificando o Edinho no time, ou porque liberava os volantes Guina e Magrão para apoiar ou que alguém precisava fazer o trabalho SUJO (palavras do FC). Bastou firmar Sandro no time para não precisarmos mais de trabalho sujo, o que temos são jogadores de bola, que formam o melhor quarteto de meio-campo do Brasil, alguém duvida ?

6- Falando em experiencia, o Gauchão foi positivo para firmar o Taison que teve uma evolução fantástica como jogador, não tem mais aquela afobação de tentar sempre passar por 05 adversários em todas as jogadas, o que fazia de cabeça baixa, hoje tem a sabedoria de jogar coletivamente e contribuir regularmente no placar , o que em muito ajudou o Nilmar ao dividir com ele as preocupações das zagas adversárias. Neste quesito também noto uma falha no TT, quando coloca o excelente Alecsandro o posiciona pela lateral do campo, ora Mr. Adenor ! O Alecsandro é o centro-avante de área (homem de referência) que o senhor mesmo solicitava e fazia falta para o time, obvio que com a evolução do Taison deverá esperar lugar no time, mas quando o colocar, coloque-o em sua função de ´carteirinha`. Fora da grande área é um peixe fora d´água.

7 - Por último o Mr. Adenor, nós Torcedores, Diretoria e Time, também a imprensa querem ver sua atitude e caso seja preciso vamos ter que passar por cima de sua ´timidez` ao jogarmos fora do BR.
Penso este ser o grande obstáculo de 2009, os itens anteriores são perfeitamente solucionáveis, mas neste Brasileirão queremos ser uma LOCOMOTIVA ou um FUSQUINHA ?

Dizem que o MEDO DE PERDER TIRA A VONTADE DE GANHAR....

quarta-feira, abril 22, 2009

SHOWBOL!!



Já vou adiantando. Troquei meu voto no Intermometro de 3 pra 4 escudos. Acho justo porque mais uma vez o Inter destruiu o adversario. Nem em 2006 faziamos isso assim com tanta frequencia.

D'Alessandro teve talvez seu melhor jogo no Inter, ou no minimo um dos melhores, é o D'Alessandro Garrincha entortando pela ponta! O time ta muito confiante, seguro e UNIDO! Nem sentimos falta de Nilmar hoje! 5 a 0 tranquilo.

Coitado do Guarani. O cara mais odiado em Campinas é o jogador que fez o gol semana passada contra o Inter. Aquele gol só fez o Guarani gastar dinheiro em Hotel e passagem de avião. Teria sido melhor simplesmente ter sido eliminado naquele jogo!

Mas seguro meus 5 escudos no Intermometro (ali em cima do Blog) até o Inter confirmar esse momento no Brasileirão contra time de primeira, até então não passo dos 4.

Gols Da Arquibancada:

Camera:Alexandre


Camera:André


Deixe aí a sua avaliação de cada jogador do Inter no Blog Score:



PS:

King Carvalho sobre Leo Moura hoje:
"- Isso não procede, não sei de onde saiu essa informação. Não temos interesse na contratação do jogador. Temos bons jogadores para essa posição - afirmou, de forma curta e direta."

Só pode tá escondendo o jogo né? Acho que FC sabe que a posição é a mais fragil no Inter no momento. Confeso que não acompanho o Flamengo muito alguem teria mais detalhes sobre o estilo e bola do Leo Moura?

PSS:

Inter 5 x 0 Guarani (CDB)

Indio (Alecsandro)
Alecsandro (D'Alessandro)
Taison (D'Alessandro)
Alecsandro (Marcelo Cordeiro)
Bolivar (D'Alessandro)

ESTATISTICAS OFENSIVAS EM 2009
JOGADOR GOLS - ASSISTENCIAS - PONTOS
(2 Pontos por Gol, 1 Ponto por assistencia)

Taison 18 - 7 - 43
Nilmar 13 - 8 - 34
Andrezinho 8 - 6 - 22
Alecsandro 8 - 4 - 20
D'Alessandro 4 - 7 - 15
Magrão 5 - 3 - 13
M. Cordeiro 2 - 7 - 11
Indio 5 - 0 - 10
Walter 3 - 2 - 8
Alex 3 - 1 - 7
Kleber 0 - 7 - 7
Giuliano 1 - 3 - 5
Guinazu 1 - 2 - 4
Bolivar 1 - 1 - 3
Alvaro 1 - 1 - 3
Tales Cunha 1 - 1 - 3
Rosinei 1 - 0 - 2
Danilo 1 - 0 - 2
Paulinho 0 - 1 - 1
Sandro 0 - 1 - 1

Expectativas e o Intermômetro

Após um primeiro tempo colossal, os melhores 45 minutos que já vi o colorado fazer, futebol indiscutível e envolvente, seria normal que as expectativas sobre o que este grupo pode render atingissem patamares altíssimos.

Existem vários tipos de torcedores, e as mais variadas expectativas.

Há os torcedores passionais que vislumbram uma rotina de goleadas constantes e títulos no horizonte. Em menor ou maior escala, otimistas. De outro lado os pessimistas, ressabiados com um ano que muito faz lembrar o infrutífero (!?) 2008 e seu desfecho (in) desejado.

O BV conta agora com mais uma ferramenta, uma grande ideia do Louis, o Intermômetro. No topo do blog, numa escala de 1 a 5 é possível mensurar seu grau de confiança em relação ao time. O mais excepcional dessa funcionalidade é que através dela, em um gráfico no fim do blog, é possível avaliar e verificar as oscilações de expectativas ao redor do ano.

Abro meu voto, eu dei 4 escudos. E vou justificar. Quatro porque vejo um plantel de qualidade, como há muito tempo não via. Ano passado, na decisão contra o Sport (pela CB) a falta de reservas de qualidade ficou evidente. Basta olhar a escalação que contemplava jogadores como Orozco, Titi, Derley, Pessanha, Jonas e Bustos. Sem mencionar Gil, Ji-Paraná, Gustavo Nery, Ricardo Lopes…

Quatro escudos por causa da provável continuidade, seja de nosso treinador, seja de um modelo tático já definido ou mesmo de nosso plantel, haja visto que a janela da metade do ano supostamente irá tirar de nosso time no máximo 1 titular; excetuando a lateral direita e a posição de primeiro volante vejo reposição em casa em todos os demais setores.

Acima de tudo quatro escudos porque vejo comando de vestiário. Ainda tenho na memória a primeira declaração do FC quando reassumiu o vestiário ano passado: “…em Setembro tudo estará mudado… pode me cobrar!”. E depois de um começo decepcionante no Brasileiro, veio Setembro com uma série invicta de recuperação e posteriormente a conquista da Sulamericana.

Óbvio que existem vários poréns, e portanto a nota máxima de confiança não se justifica. As laterais ainda carecem de afirmação e de reposição, não há um substituto para o Sandro (que ficará fora do time por várias semanas) e todos sabemos que, infelizmente, o gauchão pode enganar; pois nenhum estadual no Brasil é parâmetro confiável para avaliação definitiva.

Os grandes confrontos são os que ainda estão por vir e assim poderemos ter uma ideia melhor de nossas reais condições.

Confesso que meu maior temor é que o clube venha a apresentar a mesma precariedade de atuações como visitante. Aqui fica a grande incógnita na minha opinião. A Copa do Brasil pelo seu caráter “mata-mata” pode nos trazer mais um título, mas para ganhar o Brasileirão precisaremos de regularidade, e portanto um melhor desempenho fora de nossos domínios.

Dito isto, com muito trabalho e a dose certa de ambição creio que podemos ter um ano memorável. Para isto, nada de euforia no vestiário e principalmente muita gana de fazer história, pois futebol ainda são 11 contra 11. Sem coração na ponta da chuteira não há equipe que triunfe.

E você, como avalia o momento colorado? Quais são suas expectativas? Não deixe de usar o Intermômetro!

Saudações coloradas

Títulos e goleadas

Com as recentes vitórias de 8x1 sobre as equipes caxienses, surgiu um interesse sobre que outras finais tiveram placar dilatado.

A final com mais gols foi a de 1944. O Internacional venceu o Bagé por 9x0, mas 3 gols foram marcados na prorrogação. Como o Bagé havia vencido a primeira partida da decisão, por 3x1, e o Colorado venceu a segunda, foi necessário a disputa de uma prorrogação.

Ficha do jogo:
22.10.1944
Internacional 9x0 Bagé
Timbaúva (Porto Alegre)
Gols: Volpi 25s' e Xinxim 22' do 1º; Adãozinho 27', Xinxim 29' e 32' e Adãozinho 39' do 2º; Pror: Tesourinha 3', Adãozinho 7' e Volpi 9' do 1º
IN: Ivo; Alfeu e Nena; Assis, Ávila e Abigail; Tesourinha, Volpi, Adãozinho, Rui e Xinxim

Depois, na ordem, vem as duas finais contra equipes caxienses (embora, contra o Caxias, o adversário não tenha sido o vice-campeão).

Ficha dos jogos:
04.05.2008
Internacional 8x1 Juventude
Beira-Rio (Porto Alegre)
Gols: Danny Moraes 25', Fernandão 29' e 31' e Alex 37' do 1º; Fernandão 4', Nilmar 9', Índio (contra) 11', Índio 32' e Clemer (pênalti) 45' do 2º
IN: Clemer; Índio, Orozco e Marcão; Bustos (Jonas), Danny Moraes, Magrão, Alex (Andrezinho) e Guiñazú; Nilmar e Fernandão (Iarley)

19.04.2009
Internacional 8x1 Caxias
Beira-Rio (Porto Alegre)
Gols: Magrão 6', Taison 15', Nilmar 18' e Nilmar 22', Guiñazu 32', Magrão 40' e D'Alessandro 43' do 1º; Cristian Borja 20' e Álvaro 43' do 2º
IN: Lauro; Bolívar, Índio, Álvaro e Kléber; Sandro, Magrão (Marcelo Cordeiro), Guiñazu e D´Alessandro (Andrezinho); Taison e Nilmar (Alecsandro)

No tetracampeonato, em 1943, também houve uma goleada marcante na final, contra o Guarany de Cachoeira do Sul: 7x1.

Ficha do jogo:
17.10.1943
Internacional 7x1 Guarany CS
Passo da Areia (Porto Alegre)
Gols: Carlitos 5', Tesourinha 17', Carlitos 26' e Villalba 33' do 1º; Tesourinha 6', Gabriel 25', Rui 26' e Tesourinha 34' do 2º
IN: Ivo; Alfeu e Nena; Assis, Ávila e Abigail; Tesourinha, Rui, Villalba, Joane e Carlitos

Em 1948, foi o Grêmio Santanense que sucumbiu a uma goleada.

Ficha do jogo:
04.11.1948
Internacional 5x0 Santanense
Montanha (Porto Alegre)
Gols: Roberto 14', Villalba 20' e 35' do 1º; Roberto 25' e Carlitos 28' do 2º
IN: Ivo; Nena e Maravilha; Alfeu, Viana e Abigail; Tesourinha (Ghizoni), Leônidas, Villalba, Roberto e Carlitos

E merece menção também a vitória sobre o Rio Grande, na final de 1941, disputada já no início de 1942. O Internacional venceu o Rio Grande por 6x2, mas já havia vencido o adversário, na primeira partida, por 9x2.

Ficha do jogo:
01.02.1942
Internacional 6x2 Rio Grande
Timbaúva (Porto Alegre)
Gols: Carlitos, Ernesto, Butel e Villalba no 1º; Villalba (2) e Tesourinha (2) no 2º
IN: Júlio; Alfeu e Álvaro; Brandão, Assis e Ávila; Tesourinha, Russinho, Villalba, Rui e Carlitos

O nosso rival pode se vangloriar de apenas 3 vitórias de placar elevado, em decisões do campeonato gaúcho.
08.02.1961 7x0 Pelotas (valia pelo título de 1960)
30.03.1947 6x1 Riograndense RG
25.12.1932 5x1 Pelotas

Mas nosso rival tem um recorde ainda inigualável. A maior derrota de um time com mando de campo, em finais de campeonato gaúcho, ocorreu com o Grêmio. Na final do campeonato gaúcho de 1919, em plena Baixada, o Grêmio levou 5x1 do Brasil de Pelotas, que sagrou-se o primeiro campeão gaúcho.

terça-feira, abril 21, 2009

GRAU DE CONFIANÇA

Instalei uma nova ferramenta para o Blog. Vocês devem ver aqui aí em cima é o "Intermometro" que serve para você clicar e deixar seu Grau de Confiança no time atual do Inter. Você pode clicar 1 escudo o que significa que você tem minima confiança no time ou até 5 escudos que significa que você tem confiança maxima no time atual.

Você pode usar essa ferramenta apos jogos ou a qualquer momento quando sai uma noticia boa ou ruim do Inter. Cada vez que você clica-lo o seu voto anterior muda e a media é recalculada. Para obtermos o sentimento mais exato possivel da torcida em relação ao clube use a ferramenta em apenas 1 computador. Lá embaixo na parte inferior do blog coloquei um grafico que vai representar esse sentimento da torcida ao longo do ano. Esse grafico na parte inferior do Blog terá dados do inicio e meio de cada mês.

PS:

Zero Hora de Terça publicou que Fernandão assistiu o jogo do Inter e até colocou o texto do Blog do F9, só que a Zero Hora editou fora a parte que F9 diz ONDE que ele assistiu os jogos: Aqui no Blog Vermelho! Mas o Blog do Wianey Carlet tambem falou sobre isso, e nesse caso ele deixou o link do BV no texto.

A Moda é Retrô

As atuações do Inter neste Campeonato Gaúcho foram ao melhor estilo retrô. Campeão Invicto, tal qual em 74. Não com 100% de aproveitamento, é verdade, mas com mais de 90%! Os números e também as atuações, em sua esmagadora maioria, são, de fato, impressionantes!

Esmagadora, aliás, é uma palavra que bem define a atuação do time em várias partidas, algumas delas, inclusive, com a equipe considerada reserva, como na goleada sobre o Veranópolis no início do segundo turno, no Beira-Rio.

Goleadas, realmente, não faltaram ao Inter nestes primeiros meses do celebrado ano do centenário colorado. Teve 6 x 2 e 7 x 0 fora de casa, mas também teve 5 x 1 e 8 x 1 no Beira-Rio. Foi golo pra se perder a conta! Que beleza!

Esses placares elásticos, repetidas vezes ao longo da competição, me remeteram a um passado que não vivenciei, mas consagrado em um grito da torcida que também encarna o estilo retrô: “Uh, terror! É o Rolo Compressor!”

Ora, nada mais retrô que o famoso, saudado e saudoso Rolo Compressor, o time que amassava, esmagava adversários na década de 40, no campo do Estádio dos Eucaliptos, empilhando títulos e mais títulos, consolidando uma hegemonia regional até então nunca vista.

Pois agora o ano seguirá e desafios maiores virão. Hoje, entretanto, não vou chatear os assíduos leitores do Blog Vermelho com as minhas preocupações com o peso, a idade e a velocidade da nossa dupla de zaga. Tampouco irei depreciar a Copa do Brasil e reclamar da Direção pela minha obsessiva vontade de priorizar o Campeonato Brasileiro. Hoje é dia de comemorar o Bi Invicto, repleto de goleadas, no melhor estilo retrô.

E para não parar de celebrar, nesse ano de festas em vermelho e branco desde o carnaval, espero que o Inter continue dando o tom da moda do momento. Amanhã, quero que o time volte a campo encarnando o estilo retrô, mais especificamente, o modelo 92, da Copa do Brasil. Esse, aliás, será o estilo a ser adotado nas próximas três semanas, exclusivamente. Depois, a partir de maio, vou querer o retorno do modelo de 1979.

O retrô está na moda, mas o Inter não é moda. O Inter, como a gurizada mais nova gosta de dizer, é eterno. Pois que siga assim, resgatando grandes momentos do passado, trazendo, no presente, alegres emoções à sua torcida, com os olhos onde surge o amanhã.

Amanhã, alguém dirá, saudoso: “Bah, como era bonita aquela camisa do início do século, como era bom aquele time!” Um dia, a moda de hoje, também será retrô.


segunda-feira, abril 20, 2009

Pra não dar briga em Caxias

Mesma goleada, assim ninguém na serra leva a melhor no assunto Internacional. Embora eu, particularmente, tenha simpatia pelo goleado neste ano.

Os primeiros quarenta e cinco minutos de partida apresentaram um espetáculo à parte. Mesmo considerando a fragilidade do adversário, do meio pra frente o Inter tocou bola de maneira tão envolvente que nem macumba fecharia aquele gol. Com Sandro guardando posição, Guiñazu, Magrão, D’Alessandro, Taison e Nilmar jogaram por música. Só não menciono Kleber porque este sim, avançou com (mais) espaço de que precisa e claro, por deficiência do oponente. Se fosse disputa contra time consagrado, só não seria sete, fechava com três ou quatro. O segundo gol de Magrão diz tudo sobre o jogo: tarde/noite de muita inspiração e brilho próprio.

O que de melhor se aproveita dessa final? Vos digo, a existência da mesma. O Campeonato Gaúcho serve como pré-temporada, mas antes disso e especialmente, mobiliza pela primeira vez no ano o grupo. Na comemoração do gol de Guiñazu esteve presente o que talvez tenha faltado na goleada do ano anterior, sermos todos um. Ainda nos deleitamos do título, contudo, receosos, apesar de todos os espetáculos que presenciamos dentro e fora do Beira Rio desde o nascimento da Era Fernandão. Isto porque na final do ano passado encerrava-se um ciclo desta era, o próprio símbolo heróico nos deixaria pouco tempo depois. Na sua ausência foi necessário restabelecer o segredo que sustenta a técnica, o grupo. E assim sacrificamos o Brasileirão.

Vinícius de Moraes criou a Bossa Nova pra Tom Jobim e João Gilberto. Fernandão não veio ao Inter pra ser só dele, ou tê-lo só pra si, foi pra D’Alessandro, um dia, gravar o S.C.I. na cabeça, Índio marcar mais que Figueroa, Sandro despontar com elegância, Taison empilhar gols e assim por diante. Teríamos que viver esse fim, pra que pudéssemos ontem escancarar o novo ciclo que se anunciou na goleada de 2008.

O ciclo do novo placar eletrônico, da bela iniciativa de marketing no sorteio de camisas para sócios flagrados por câmeras, surgindo na grande tela, durante o intervalo do jogo. O ciclo do centenário, do capitão argentino, do técnico com cara de pastor, do ataque velocista, do craque intempestivo, do camisa oito bom de bola. Não te esquece, alma vermelha e branca, de cada momento vivenciado, a história vai te fazer contar estes mesmos feitos a teus descendentes. Começa agora, findado o regional, a verdade sobre o novo ciclo - da mesma era - de não apenas uma, mas todas as glórias do desporto nacional.






10 DE MAIO: O Dia "D"


Qual Colorado não ficou feliz ontem? Que primeiro tempo espetacular! Um primeiro tempo perfeito. A um certo ponto a gente pensava que os gols não iam parar mais e que o Caxias ia simplesmente deixar o campo por pura vergonha!

Mas passado isso, me desculpem os defensores da Copa Do Brasil, eu não consigo pensar em nada alem do dia 10 de Maio quando o Inter pega o Corinthians lá em São Paulo na Primeira Rodada do Brasileirão. O Dia "D", na minha opinião, que vai mostrar de que mesmo é feito esse grupo. Pra mim o verdadeiro Inter de 2009 ainda não é conhecido porque infelizmente o Gaúchão não é parametro e a Copa Do Brasil até agora tambem não tem sido.

Porque o Corinthians? Porque mesmo já a bola ter punido eles por 2005 eu continuo com uma vontade enorme de vence-los em todas as oportunidades, mais até que Grenal que já virou rotina enquanto o Corinthians a gente só vê 2 vezes ao ano (isso se eles não tão na Segundona). Tambem por causa da badalação em cima deles, nada como entrar lá e calar a "Fiel" e ainda mais com Ronaldo no time deles (espero que o Dia D não vire o Dia G se é que me entendem). Pra mim o Corinthians continua sendo inimigo #1 do Inter. O Grêmio eu nem considero Inimigo, ele é rival, uma enorme diferença. E não esquecem, esse Blog foi criado em 2005 exatamente durante e por causa do escandalo do apito/STJD que nos tirou da liderança no canetaço numa manhã de Domingo horas antes da partida contra o então vice-Lider Fluminense. Acordamos naquele Domingo atras do Corinthians-MSI por causa disso!

Por isso alem de ser a primeira rodada, acho esse jogo o momento mais importante do ano para o Inter. Temos que entrar lá para ganhar e então validar tudo que tem sido feito até agora em 2009 e mandar a mensagem ao resto do Brasil que 2009 será nosso. Uma derrota nesse jogo seria simplesmente devastador e criticas viriam que o Gaúchão é pura enganação.

Então só resta a gente esperar até esse dia e ver qual será o verdadeiro Inter em 2009.

PS:

Caso se esqueceram, não só fomos roubados no STJD como tambem em campo contra o Corinthians. Basta lembra Tinga sendo expulso quando foi cometido um penalti em cima dele.
Querem lembrar, taí os Melhores e Piores momentos daquele jogo:



PS:

Tivemos a presença de um Idolo maximo aqui no Blog Vermelho ontem!
Direto do Blog Do Fernandão:

"Ontem passou pela globo internacional o jogo entre Flamengo x Botafogo pela final da Taça Rio. Os outros jogos estava acompanhando pela internet, São Paulo x Corinthians e Inter x Caxias. Que loucura!!! Não estava nem na frente da tv ainda quando a “bolinha” da globo piscou e meu filho me chamou… ” Pai, 1×0 Inter.” Nem acreditei, tinha acabado de começar. Eu estava ainda procurando no site do pessoal do www.bolavermelho.blogspot.com, pois eles colocam os links com os jogos, bem legal. Daí em diante era toda hora… bola piscando, locutor gritando e Inter construindo uma goleada histórica. Fenomenal!!!"

PSS: Agradecimentos por mais um Charge do Marcelo Lopes!


domingo, abril 19, 2009

É BI-CAMPEÃO!!



Espectaculo
Goleada
Show
Olé
Guinazu finalmente
Toque de Bola
Golaços
Festa
Vermelho
Primeiro Tempo perfeito
Primo do Saci
Freada no Segundo Tempo
8
Duas Taças
Invicto
Bi-Campeao Gaúcho 2008-2009
Fim da Pre-Temporada
Agora vamos trabalhar pra conquistar a CDB e Brasileirão
Isso resume tudo.

PARABENS COLORADOS!! MAIS UM TITULO!



PS:

Mas vale a lembrança. Ano passado fizemos 8 a 1 na Final do Gaúchão mas vimos como foi o Brasileirão terminando em sexto sem nunca sequer chegar perto da liderança do Campeonato, então vamos ficar atentos. É titulo, mas é só Gaúchão. O importante será começar o Brasileirão batendo o Corinthians lá em São Paulo e não bobear na Copa Do Brasil.

GOLS DA ARQUIBANCADA INFERIOR (André)


GOLS DA SUPERIOR (Alexandre)


Deixe aí a sua avaliação de cada jogador do Inter no Blog Score:


Inter 8 x 1 Caxias

Magrão (D'Alessandro)
Taison (Kleber)
Nilmar (Bolivar)
Nilmar (rebote da zaga)
Guinazu (Nilmar)
Magrão (sem assistencia)
D'Alessandro (Taison)
Alvaro (Kleber)

ESTATISTICAS OFENSIVAS EM 2009
JOGADOR GOLS - ASSISTENCIAS - PONTOS
(2 Pontos por Gol, 1 Ponto por assistencia)

Taison 17 - 7 - 41
Nilmar 13 - 8 - 34
Andrezinho 8 - 6 - 22
Alecsandro 6 - 3 - 15
Magrão 5 - 3 - 13
D'Alessandro 4 - 4 - 12
M. Cordeiro 2 - 6 - 10
Walter 3 - 2 - 8
Indio 4 - 0 - 8
Alex 3 - 1 - 7
Kleber 0 - 7 - 7
Giuliano 1 - 3 - 5
Guinazu 1 - 2 - 4
Alvaro 1 - 1 - 3
Tales Cunha 1 - 1 - 3
Rosinei 1 - 0 - 2
Danilo 1 - 0 - 2
Bolivar 0 - 1 - 1
Paulinho 0 - 1 - 1
Sandro 0 - 1 - 1

* Nilmar encosta um pouco mais no Taison nas estatisticas, só 7 pontinhos atras. Andrezinho continua em terceiro mais 19 pontos atras do Taison. Vamos torcer que o Inter tenha BOM SENSO de não vender nem Taison, nem Nilmar esse ano. Se jogarem essa bola no Brasileirão seremos bem felizes, mas se vender um deles poderemos perder o embalo. E finalmente um gol do Guinazu! Foi bom de ver!